Precisamos falar de financiamento de campanha

Precisamos falar de financiamento de campanha.

Financiamento público ou privado? Essa não é a questão. Bom seria se a gente tivesse um big brother para escolher os candidatos! Essa eu toparia na hora! Se fosse financiamento público ou privado, eu vibraria era com a briga que isso viraria!

Olha, eu brinco, mas é sério. Um dia ainda vou fazer um projeto de lei para que eleição no brasil seja feita depois de 24h de filmagem dos candidatos dentro de uma casa, com teste de conhecimento e propostas durante uns 3 meses!

Mas voltando para a realidade, a situação hoje ainda é trágica. Empresas e entidades que querem ser beneficiadas com o poder do político, investem felizes da vida no candidato corrupto.

O problema, na verdade, é esse: pelo enorme poder que os políticos têm, as empresas recebem o investimento de volta, como forma de contratos, facilidades, redução de impostos e dinheiro de empréstimos só para elas.

Enquanto no Brasil a política favorecer empresas específicas e o poder do governo for praticamente ilimitado, vamos ter corrupção, o crime vai compensar, e viveremos o capitalismo de compadrio ou capitalismo clientelista, como agora.

É o tamanho das atribuições do governo que causa todo o problema!

Agora, já que o poder é descaramente injusto e exagerado, já que o sistema já está todo corrompido porque a política resolve com “jeitinho” praticamente tudo, o financiamento de campanha deve ser livre.

Hoje em dia não se pode doar para campanha política pelo CNPJ da empresa, apenas CPF. Isso faz com que a crença das pessoas seja de que “quem doa para campanha é um possível bandido”. O governo rastreia os doadores pelo CPF! Muita gente boa se afasta de política. Quem faz caixa 2 ou é bandido mesmo acaba sendo beneficiado.

Agora… faz sentido que os milhões de brasileiros paguem impostos mais altos, ou seja, deixem de usar o dinheiro para si, para investirem em campanhas políticas? Ah, faça-me o favor! Imposto tem limite, e a destinação deve ser específica. Senão vão cobrar impostos do povo para pagarem tudo o que as classes políticas quiserem!

Chega! A gente não aguenta mais hipocrisia! Quer doar, doa. Quem tem dinheiro sempre vai querer poder, não adianta fazer lei para impedir isso. Agora, criar lei para dificultar gente boa de se candidatar, aí não dá. Muito menos obrigar que o povo custeie além dos políticos, suas campanhas, seus cabos eleitorais, suas gasolinas…

Sejamos mais sensatos e menos inocentes, por favor. Libera essa campanha política para quem quiser doar, empresa ou pessoa física, mas deixa quem não quiser doar quieto com o dinheiro dele no bolso, que aí já é abuso demais.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...