Tem gente que confunde o que é liberdade

Tem gente que confunde o que é liberdade

E acha que é egoísmo, pra pensar somente em si e esquecer que o coração do ser humano anseia por fazer bem ao próximo.

Tem gente que confunde liberdade com inconsequência, para ignorar que existe resultado de tudo o que se faz, e que somos todos responsáveis pelo que causamos.

Tem gente que confunde liberdade com ausência de poder e vulnerabilidade. Fantasia que seja possível que as pessoas não se unam para protegerem-se mutuamente.

Tem gente que teme a liberdade, por nunca ter tomado as próprias escolhas. Não concebe perder a desculpa para atribuir suas desilusões.

Tem gente que se apega ao cativeiro por não ter conhecido ou já ter se esquecido como é viver livre.

Tem gente que desconfia da liberdade para demonstrar suas próprias intolerâncias e discriminações. Esquecem que se compreende melhor daquele que fala do que de quem aquele fala. (Quando Paulo fala de Pedro. Entendo mais sobre Paulo do que de Pedro).

E há aqueles que amam a liberdade. E por amá-la desejam também que o próximo a tenha e dela usufrua para dar-lhe o mesmo valor.

Há aqueles que entendem a liberdade, que a sabem tão subjetiva quanto bela, que mesmo dando voz aos cultos e aos incautos, lutam por ela.

Ah, a liberdade… tão nobre, tão elevada, tão esperta e pronta para ensinar. É a busca mais coerente e certa de tudo o que se pode almejar.

Desi, poeta.

Em homenagem à poesia, ao mês dos namorados, e à liberdade de postar sobre o amor.

você pode gostar também Mais do autor

Comentários

Carregando...